Citroën começa WRC-2015 vencendo maior número de especiais do Rali de Monte Carlo

Na volta de Sébastien Loeb ao Campeonato Mundial de Rali, equipe mostra velocidade e competitividade; chance de vitória do francês nove vezes campeão mundial foi tirada por acidente.

A Citroën iniciou de maneira veloz o Campeonato Mundial de Rali de 2015. Embora não tenha ido ao pódio, mostrou competitividade e venceu oito dos 14 trechos cronometrados neste domingo (25). Uma infelicidade tirou de Sébastien Loeb, que voltou ao WRC especialmente para a etapa de Monte Carlo, a chance de vitória. O francês nove vezes campeão mundial, no entanto, terminou o rali com o maior número de especiais vencidas (cinco) e estendeu seu recorde para 905 tempos mais rápidos. Também elevou para 1.623 o recorde de número de pontos no WRC. A Citroën colocou três carros, os das duplas Mads Ostberg/Jonas Andersson, Sébastien Loeb/Daniel Elena e Kris Meeke/Paul Nagle, entre os dez primeiros da etapa inaugural de 2015.

Loeb lutava pela liderança até a sétima especial, depois da qual era o vice-líder, apenas oito segundos atrás de Sébastien Ogier. No entanto, no oitavo trecho cronometrado, freou sobre uma parte da estrada com neve, deslizou e acertou uma pedra, o que fez a suspensão traseira esquerda do DS 3 WRC quebrar. Conseguiu, ainda assim, voltar à prova e finalizou-a na oitava posição.

 

Desde 2014 piloto da Citroën no Campeonato Mundial de Carros de Turismo (WTCC), o vitorioso competidor gostou do fim de semana: “Divertimo-nos! Conseguimos encontrar o ritmo, e o DS 3 WRC estava perfeito. As condições não estavam realmente favoráveis a nós, e um pequeno erro provou-se custoso. Mas isso não tira nada da diversão que tivemos a bordo do DS 3 WRC. Vivemos excelentes momentos. Foi realmente uma grande experiência para Daniel, que correu em casa, e para mim”.

O piloto da Citroën mais bem colocado, Mads Ostberg, afirmou ter ficado muito contente por ter terminado em quarto lugar o Rali de Monte Carlo. “Fomos consistentes e rápidos. Talvez pudéssemos ter esperado um resultado até um pouco melhor, mas a quarta posição é boa. Agora vou me concentrar totalmente no Rali da Suécia”, disse o norueguês.


O britânico Kris Meeke venceu três especiais durante o rali, entre elas a última, o Power Stage, o que lhe deu três pontos extras no campeonato. “Minha meta era conseguir marcar alguns pontos no último trecho cronometrado para terminar a prova em alta. Conservei pneus no penúltimo. Isso sem dúvida me ajudou a manter uma diferença de 0s2 [sobre Loeb] ao fim do último. Venci especiais e estávamos rápidos, o que é satisfatório, pois significa claramente termos a velocidade necessária para competir bem”, declarou.

O CEO da marca DS, Yves Bonnefont, entusiasmou-se com o significado do fim de semana para ela e para a equipe: “Começar a celebração do 60º aniversário do DS reunindo DS 3 WRC e Sébastien Loeb no lendário Rali de Monte Carlo foi especial, uma ocasião única. Antes mesmo de o WRC ter sido criado, o DS já havia vencido duas vezes em Mônaco. Estou satisfeito pelo prazer da equipe em trabalhar de novo com Sébastien e pelo entusiasmo dos fãs. Foi uma grande celebração do rali, o que foi além dos estágios. Dá o tom para o ano de celebração”.

O Rali da Suécia, segunda etapa do Campeonato Mundial, será disputado entre 12 e 15 de fevereiro de 2015.


Rali de Monte Carlo de 2015:

1º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Volkswagen Polo R WRC), 3h36:40.2

2º Jari-Matti Latvala /Miikka Anttila (Volkswagen Polo R WRC), a 58.0

3º Andreas Mikkelsen/Ola Floene (Volkswagen Polo R WRC), a 2:12.3

4º Mads Ostberg/Jonas Andersson (DS 3 WRC), a 2:43.6

5º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 WRC), a 3:12.1

6º Dani Sordo/Marc Marti (Hyundai i20 WRC), a 3:12.9

7º Elfyn Evans/Daniel Barritt (Ford Fiesta RS WRC), a 5:23.7

8º Sébastien Loeb/Daniel Elena (DS 3 WRC), a 8:34.7

9º Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford Fiesta RS WRC), a 9:54.8

10º Kris Meeke/Paul Nagle (DS 3 WRC), a 10:55.6


Mundial de Pilotos:

1º Sébastien Ogier, 25 pontos

2º Jari-Matti Latvala, 19 pontos

3º Andreas Mikkelsen, 15 pontos

4º Mads Ostberg, 12 pontos

5º Thierry Neuville, 10 pontos

6º Dani Sordo, 8 pontos

7º Elfyn Evans, 6 pontos

8º Sébastien Loeb, 6 pontos

9º Kris Meeke, 4 pontos

10º Martin Prokop, 2 pontos

 

Mundial de Construtores:

1º Volkswagen Motorsport, 43 pontos

2º Hyundai Motorsport, 27 pontos

3º Citroën Total Abu Dhabi World Rally Team, 12 pontos

4º M-Sport World Rally Team, 12 pontos

5º Jipocar Czech National Team, 6 pontos

6º FWRT SRL, 1 ponto

Top