Citroën faz corrida perfeita no WTCC

Além do domínio na prova inicial de Marrakesh, em que todo o ‘top 5’ foi da marca, equipe fez trinca na segunda; López e Muller foram os vitoriosos da etapa.

A Citroën já conquistou muito no automobilismo, mas sempre há espaço para mais um resultado significativo. No último fim de semana, a marca conseguiu pela primeira vez estar em todos os cinco primeiros lugares de uma prova automobilística internacional. Isso aconteceu na etapa marroquina do Campeonato Mundial de Carros de Turismo, o WTCC, em Marrakesh. Na prova inicial do domingo (19), José María López, Ma Qing Hua, Sébastien Loeb, Mehdi Bennani e Yvan Muller foram os cinco primeiros colocados. E o dia especial não parou por aí: o pódio da segunda corrida foi novamente dominado por pilotos da Citroën – Muller, Loeb e López.

Quem começou muito bem a primeira corrida foi o chinês Ma Qing Hua, que superou o marroquino Mehdi Bennani e ameaçou a liderança do argentino José María López, com o qual teve uma disputa apertada. O campeão de 2014 levou, porém, a melhor e manteve a primeira posição. Enquanto isso, o francês Yvan Muller, que havia largado em décimo lugar, ganhava posições. Os quatro primeiros, os Citroën C-Elysée WTCCs de López, Ma Qing Hua, Bennani e Loeb, abriram vantagem para os demais. Só faltava Muller para a festa ficar completa, e o francês conseguiu vencer batalha contra Tiago Monteiro e Gabriele Tarquini e, assim, o top 5 foi totalmente da Citroën.

A décima posição de largada na primeira corrida significou pole position para Yvan Muller na segunda, e o francês não teve grandes obstáculos no caminho desta vez. O compatriota Loeb logo se tornou o vice-líder. Atrás deles estavam Chilton, Valente, López, Ma e Bennani, e as disputas foram intensas na primeira volta. Valente e Chilton perderam espaço para López, que assumiu a terceira posição e foi ao pódio. Ma Qing Hua poderia ter sido o quinto colocado, mas cometeu um erro e acertou um muro. O chinês pôde voltar à prova e marcou um ponto.

O chefe de equipe Yves Matton tratou do resultado como histórico para a marca. “Nossos pilotos acabaram de escrever um novo capítulo na história automobilística da Citroën. O sucesso quíntuplo é um atestado da velocidade e da confiabilidade do C-Elysée WTCC e está intimamente ligado à natureza da nossa equipe. Pechito [López] e Yvan transformaram resultado de grid em vitória, e Seb novamente mostrou progresso ao obter dois pódios. Qing Hua também se saiu bem; é ótimo ver uma demonstração do que ele pode fazer. Dou parabéns também a Mehdi Bennani [da Sébastien Loeb Racing], que brilhou em casa”.

López classificou o fim de semana da Citroën como “fantástico” e ressaltou a disputa com Ma Qing Hua na primeira prova. “Tive de acelerar para abrir um pouco de vantagem. Normalmente, me sinto relaxado após vitória na corrida inicial. Mas, desta vez, fiquei ansioso, pois não queria perder muitos pontos em relação a Yvan e Seb”, afirmou o argentino, que se surpreendeu com um novo pódio: “Foi ótimo para meu campeonato”.

Apesar de ter largado na pole, Muller negou mais facilidade na segunda prova. “Tive de atacar do início ao fim por causa da pressão de Seb”, disse. “Estou muito feliz por voltar ao caminho das vitórias depois de um tempo”, comemorou o tetracampeão do WTCC.

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Carros de Turismo, a terceira de 2015, será disputada em Hungaroring, na Hungria, em 3 de maio.

 

Corrida 1:
1º José María López (Citroën C-Elysée WTCC)
2º Ma Qing Hua (Citroën C-Elysée WTCC)
3º Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée WTCC)
4º Mehdi Bennani (Citroën C-Elysée WTCC)
5º Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)
Volta mais rápida: José María López (1:43.847)

 

Corrida 2:
1º Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)
2º Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée WTCC)
3º José María López (Citroën C-Elysée WTCC)
4º Tom Chilton (Chevrolet RML Cruze TC1)
5º Gabriele Tarquini (Honda Civic WTCC)
10º Ma Qing Hua (Citroën C-Elysée WTCC)
Volta mais rápida: José María López (1:43.480)

 

Mundial de Pilotos:
1º José María López, 93 pontos
2º Sébastien Loeb, 76 pontos
3º Yvan Muller, 57 pontos
4º Ma Qing Hua, 38 pontos
5º Gabriele Tarquini, 38 pontos
6º Tiago Monteiro, 36 pontos
7º Mehdi Bennani, 26 pontos

 

Mundial de Construtores:
1º Citroën, 190 pontos
2º Honda, 118 pontos
3º Lada, 30 pontos

Top