Esse site utiliza Cookies. Ao continuar a navegar no site, você aceita a utilização dos cookies. Saiba mais sobre a Política de privacidade.

https://www.citroen.com.br/informacoes-legais.html

[cle1: REDIRECTION_DANS Lang:PT] [cle1: SECONDES Lang:PT]

CITROËN GARANTE DOBRADINHA E VOLTA A CAÇADA AO TÍTULO!

Brilhantemente confiáveis ​​e competitivos, os WRCs C3 de Sébastien Ogier - Julien Ingrassia e Esapekka Lappi Janne Ferm conquistaram uma magnífica dobradinha no Rally da Turquia, permitindo que a equipe francesa voltasse ao páreo na corrida pelo título mundial de pilotos e co-pilotos.

• As táticas foram bastante diretas para o time da Citroën nos 38,62 quilômetros restantes de hoje. O trabalho de Esapekka Lappi e Janne Ferm era manter um ritmo decente para garantir o segundo lugar e evitar o risco de ser ultrapassado. Enquanto isso, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia precisavam confirmar seu ritmo em Marmaris (7,05 km), o teste de velocidade de abertura do dia que também seria usado como o Power Stage. Eles tiveram que cuidar dos pneus nas próximas duas etapas para poderem forçar o máximo possível no teste final, na esperança de ganhar alguns pontos extras. As equipes da Citroën mantiveram o plano, garantindo a final em dobradinha, enquanto Sébastien Ogier e Julien Ingrassia marcaram três pontos extras com o terceiro tempo mais rápido no Power Stage.

• Esta dobradinha é o primeiro resultado da equipe da Citroën desde o Rally da Argentina de 2015 e é a terceira vitória da equipe nesta temporada, após as vitórias em Monte-Carlo e México. Além disso, garantiram o nono e o décimo pódio do ano. Esse fato demonstra o retorno da equipe as colocações superiores com um C3 WRC impressionantemente rápido e robusto neste fim de semana e ilustra sua determinação em lutar por todo o campeonato. O resultado é certamente uma excelente notícia para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia, que voltam para o segundo lugar na classificação, apenas dezessete pontos atrás dos líderes, tendo ainda 90 pontos restantes nas três últimas rodadas da temporada.

• Terceiro no circuito na sexta-feira, Sébastien e Julien começaram frustrantemente com um furo no pneu a seis quilômetros do final da primeira etapa. No entanto, na próxima etapa eles voltaram ao terceiro lugar e terminaram o dia na segunda posição geral, 17,7s atrás dos companheiros de equipe, estabelecendo dois terceiros tempos mais rápidos consecutivos. A escolha ousada dos pneus para a etapa de abertura da manhã de sábado em condições muito quentes (três médios e dois pneus Michelin duros) lhes permitiu conquistar a primeira etapa do fim de semana em Yesilbelde (33 km). Seus rivais foram deixados pelo menos um minuto para trás. Eles então se concentraram em correr o mínimo possível de riscos e controlar seu ritmo. No entanto, eles conseguiram o segundo tempo mais rápido com a repetição de Yesilbelde, que os levou à liderança geral. Esta manhã, eles estavam bem posicionados para levar para casa sua terceira vitória no C3 WRC e também garantir seu sétimo pódio em 2019.

• Aproveitando ao máximo no primeiro dia sua posição na ordem de classificação (nono), Esapekka Lappi e Janne Ferm impressionaram na SS2 com o segundo tempo mais rápido. Eles então assumiram a liderança geral no teste seguinte com a vitória na primeira etapa! Claramenteacostumados ao C3 WRC, os finlandeses da Citroën estavam tão calmos e focados quanto impressionantes, apesar de sua posição na pista ter sido uma desvantagem em certas seções muito difíceis do circuito na tarde de sexta-feira e ter um pacote de pneus inadequado para a chuva que começou a cair no final do dia. Eles até somaram duas vitórias na etapa e lideraram o rali, até que uma breve paralisação na SS12 os fez renunciar da liderança e a entregando a seus companheiros de equipe. Um pequeno contratempo não os impediu de entrar na parte final de hoje em uma boa posição para conquistar seu terceiro pódio da temporada, depois de terminar como vice-campeão na Suécia e na Finlândia.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA ETAPA

1. Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) 3h50’12’’1
2. Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +34’’7
3. Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +1h04’’5

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

1. Ott Tänak – 210 pontos
2. Sébastien Ogier – 193 pontos
8. Esapekka Lappi – 80 pontos

CAMPEONATO MUNDIAL DAS MONTADORAS

1. Hyundai WRT – 314 pontos
2. Toyota Gazoo Racing – 295 pontos
3. Citroën Total WRT – 259 pontos

Top